I’m back.

Blog abandonado por mim, mas nunca esquecido, sempre visitado por garimpeiros ou ex-garimpeiros, saudosos do Garimpo Bom Futuro. Ou por rondonienses e interessados por Rondônia, terra que tão bem me acolheu no curto espaço de tempo em que estive lá.
Desde que voltei pra Franca não consegui mais me dedicar ao blog. Não por falta de tempo, mas por falta de inspiração. Falta de intimidade com essa cidade daqui, que não me causava tantas reflexões quanto a Amazônia causa.
Este mês completam-se 10 anos que Franca entrou na minha vida. Hoje a cidade não é mais (tão) minha desconhecida. Fiz amigos, construí relações de afeto, de trabalho e de estudo. É hora de me deixar inspirar por esta terra linda, de gente reservada, mas também acolhedora.
Comprometo-me comigo, aqui e agora, a voltar a visitar este espaço, partilhando deste mundo em que vivo com aqueles que tiverem interesse em viver este mundo junto de mim, ainda que distantes.

Anúncios

Relatório de 2013

Apesar de praticamente abandonado há dois anos…

Desejo que em 2014 você seja iluminado por Deus e tenha muito sucesso, saúde e alegria de viver.

The WordPress.com stats helper monkeys prepared a 2013 annual report for this blog.

Here’s an excerpt:

A New York City subway train holds 1,200 people. This blog was viewed about 6,700 times in 2013. If it were a NYC subway train, it would take about 6 trips to carry that many people.

Click here to see the complete report.

Voltando…

Oi pessoal! Há meses abandonei este espaço e meus fieis seguidores, mas ele não está às moscas. Todos os dias é visto, em média, 30 vezes. A maior parte dessas visualizações são em busca de garimpos de cassiterita, e agora os rondonienses começam a descobrí-lo. Infelizmente na hora de mudar o foco, mas os posts antigos continuam aí.

Um prazer que tenho é quando algum ex-garimpeiro se manifesta. A vida no garimpo não é fácil, mas parece que muitos trabalhadores da época áurea do Bom Futuro sentem saudade e hoje busam informações. Para eles, e por eles, em breve colocarei novas fotos de lá.

Por hora farei um comentário sobre duas viagens recentes que fiz, ao Rio e a São Paulo, e as impressões que tive de lá. Só prá ir retomando o fôlego. Ainda não sei falar do cotidiano aqui…

Hasta la vista, Rondônia!

Hoje é meu último dia em Rondônia. Não tive muito tempo ainda pra sentir-me triste, mas fiquei emotiva algumas vezes. Estou feliz por estar voltando prá casa, e feliz por ter feito tantos amigos por aqui. As manifestações de carinho que recebi nesses últimos dias me alimentaram a alma.

Obrigada a todos que me acompanharam nessa jornada. Pessoalmente, me dando força e fazendo companhia; no trabalho, me ensinando e aprendendo comigo, estivessem ao meu lado ou um pouco mais distantes; no blog, me encorajando a olhar prá esse novo mundo de uma forma poética. Vocês participaram muito disso.

Pretendo ainda escrever sobre Rondônia, e aceito o desafio de escrever sobre o mundo de lá, onde tudo me parece normal, e tudo parece já ter sido relatado.

Uma música, que não expressa perfeitamente o meu momento, mas é linda, é a que me ocorre, e fala de mudanças.

Um ano!

Ontem este blog completou 1 ano no ar.

Quero marcar a data agradecendo aos amigos que me estimularam a escrever e a continuar por aqui. Embora eu passe muito tempo sem postar coisa nova, e o blog seja uma “preocupação” constante, ele é prazeroso prá mim, e por isso, e por vocês também, ele continuará no ar.  Em um mês eu devo ir embora de Rondônia, então o foco vai mudar. Estou curiosa para descobrir como trabalharei meu olhar diante de uma vida nova, em uma região mais desenvolvida, onde muito já foi feito, visto e comentado.

A Amazônia é uma fonte inesgotável de informação. Os outros lugares também o são, mas me parece diferente. Convido-os a acompanhar essas descobertas comigo no próximo ano.

Quanto ao ano que passou, divido com vocês algumas estatísticas dO Mundo…

Temos 10 seguidores. Foram 52 posts (Uau, 1 por semana!! só agora percebi), 7.496 visualizações e 422 comentários. A maior parte desses comentários são meus, que posso me dar ao luxo de responder a quase todos. Depois o ranking de comentaristas é encabeçado por Colafina, seguido por Robertão, Fátima, Luiz, Anrafel e Marcelo Darw. Obrigada meus queridos! Vocês sempre me alegram com seus comentários.

O post mais comentado (72!) foi o Pandorama, publicado em 20 de junho, porque serviu de encontro e bate-papo prá essa turminha acima, quando o Pan saiu do ar. Este post, até agora, foi visualizado 255 vezes.

O último post, com a campanha pelos faróis acesos, teve 34 visualizações, e os dois primeiros, Hello World e Viver em Rondônia from Pandorama, talvez tenham sido os menos vistos, com respectivamente 13 e 9 visualizações.

Os mais vistos, sempre, são aqueles que falam de garimpo e  cassiterita, termos de busca mais utilizados. Garimpo Bom Futuro, embora só tenha 2 comentários, foi visto 689 vezes, o que corresponde a 2,5 visualizações/dia. Garimpos de Cassiterita foi visto 536 vezes, desde a sua publicação, em 05 de abril, e tem 16 comentários.

Outros posts bem populares são a BR 364, com apenas 4 comentários, mas 365 visualizações desde 21/08/2011 (2,3/dia); e Dicionário de Termos Rondonienses, com 135 visualizações e 33 comentários. Nesse aqui, de vez em quando uma pessoa nova escreve. Preciso fazer o segundo, com palavras e expressões que faltaram neste.

É isso, valeu pela companhia!

Visitas ao blog

Sábado passado, dia 16 de abril, este blog ultrapassou suas primeiras 1.000 visitas. Agora, estamos em 1.041 visualizações. Não sei se isso pode ser considerado um bom desempenho, mas estou achando lindo, hehe, embora isso não signifique que ele tenha sido lido todas essas vezes. Cai muita gente aqui procurando por outras coisas, não se interessa e vai embora sem nunca mais voltar. Tem também uns amigos preguiçosos, que dizem que eu escrevo demais (blasfêmia!)… Além disso, temos que considerar que o assunto não é assim um futebollll, uma política partidária, que costuma apaixonar multidões…
Enfim, nesses quase quatro meses foram 28 posts e 90 comentários. Obrigada a todos!!
Quero ainda dizer aos comentaristas mais frequentes que o maior barato do blog, pelo menos prá mim, mais que a interatividade do leitor com o escritor, é a troca entre os comentaristas. Como eu não consigo atualizar a página diariamente, o post fica vários dias no ar, e isso permite que haja troca entre vocês sobre o último assunto abordado. Vamos lá, animem-se, leiam, comentem e voltem depois, para ver se houve resposta ao seu comentário, se rola um debate, uma troca de ideias. O Colafina está sempre aí, puxando um papo.