Arte urbana

A arte tem uma função social. Serve, sobretudo, ao prazer e à reflexão.

As intervenções urbanas me chamam a atenção, as artísticas em particular, desencadeando em mim o prazer, a curiosidade, a reflexão. As cores atraem minha alma.

Há alguns anos, por causa das cores da chama trina – azul, amarelo e rosa – comecei a perceber a repetição das “pixações” nos muros da cidade. Há um grafiteiro em Franca, cuja tag CT! era, inicialmente, pintada em azul, amarelo e rosa, exatamente nos tons da chama trina. A repetição da marca do grafiteiro: um código antes desconhecido que se descortinou pra mim, que passou a existir no meu mundo. Eu adorava procurar por ela pela cidade, mas sumiram as cores e, com o tempo, meu interesse desvaneceu.

Permaneceu em mim, contudo, a curiosidade para conhecer a história de vida

e as motivações do grafiteiro.

Faz talvez um ano que outra intervenção urbana vem chamando minha atenção em Franca, umas figurinhas fofas e sutis espalhadas por aí. Este fim de semana estendido, com a presença do marido e do enteado, propiciou para mim a oportunidade para iniciar minha caçada, com consequente compartilhamento das imagens e reflexões com vocês.

Meu enteado contextualizou as imagens, me apresentando ao Space Invaders, um jogo de vídeo game arcade lançado em 1978, cujas figuras são feitas por quadrados dos pixels. Este jogo inspirou um artista urbano francês, anônimo e conhecido como Invader, a espalhar sua arte por aí. Seus 3.672 mosaicos, feitos de pequenos quadrados de cerâmica, podem ser vistos em locais públicos de 73 cidades ao redor do mundo. Segundo o Wikipedia, Invader se denomina hacker do espaço urbano, espalhando mosaicos como um vírus; chama suas intervenções de “invasão”, normalmente fica duas a três semanas em uma cidade, espalha as figuras, publica livros e mapas com a localização dos trabalhos e vaza. Atua mascarado para não ter a identidade revelada.

spaceinvaders

Provavelmente inspirado na arte de Invader, um outro artista – QUEM? –

vem poesificando o cinza do concreto urbano de Franca com figuras feitas em cerâmica,

que também simulam os pixels do computador – e do video game.

Eu simplesmente a-do-ro descobrí-los, gosto mais ainda da fruição estética que eles provocam em mim. Eu e meu enteado nos tornamos caçadores este fim de semana. Quem mais?

Os que já fotografei seguem abaixo.

img_20170909_1132318151

Vocês já os perceberam?

O que vêem? o que sentem?

Quais conhecem que eu ainda não achei? 

 

 

 

 

img_20180601_163429651

Além desse artista que se utiliza dos pixels, há pelo menos dois outros trabalhos, feitos também em cerâmica. Estes devem ser de outros artistas, pois estão descolados da ideia dos pixels/Space Invaders, mas também estão invadindo nosso espaço com ideias, cores e arte.

 

 

Bora caçar outros? Meu hunter no. 2 acaba de me telefonar pra dizer que achou mais um perto do Mario Roberto. Abram seus olhos, caçadores!!

Anúncios

5 comentários em “Arte urbana

  1. Quel, adorei o texto. Também fico procurando esses pingos de amor no concreto, esses respiros fofos. Sou fã de intervenções urbanas.
    Temos muitos artistas em Franca, os que você caçou e mostra aí eu conheço 😉
    A arte em pixels é Artequantico, do Aislan e da Lívia, https://www.facebook.com/artequantico/
    A arte em mosaico é Oods Mosaic, do Otávio, https://www.facebook.com/profile.php?id=100001674771792&hc_ref=ARTZaogOr3yFzBxAhhoJ80cOT9FNb8Xv-0UehlVTT3Z8f4xUjW4RJJPFHqffUhpwWNo
    Procura eles no facebook e no insta, eles são ótimos!

  2. Isso é demais! Uma forma de arte e expressão que traz alegria a arquitetura acinzentada da civilização.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s